Dicas pra evitar bolinhas e conservar o esmalte.

Qual a coisa mais chata depois que se pinta a unha? Pra mim são as bolinhas. Por isso é muito importante a preparação, assim evitando que elas apareçam. Eu odeio demaaaaais aquelas chatas. Não tem coisa que mais me desanime do que bolinha. É por isso que eu tenho mil regras pra isso. Vou falar de algumas delas:

Local: Costumo fazer na cozinha, onde é fresco e confortável. Como todo mundo sabe, não pode ser em local fechado/abafado e muito menos com correntes de ar (Ventiladores, vento, ar condicionado, secador de cabelo). Eu sei, isso é super contraditório. Por isso, enquanto hidrato as mãos, mantenho todas as portas e janelas abertas, assim como o ventilador ligado. (Nunca fiz as unhas no inverno, por isso não posso dizer se é mais fácil do que no verão. Assim que chegar, farei um post sobre isso ou atualizarei esse.) Assim que termino, desligo o ventilador e deixo somente as janelas ou uma das portas abertas, apenas para que não fique abafado demais e nem ventilado demais.


Quer saber mais dicas? Só clicar.

Temperatura do corpo: Muitos dizem que a temperatura do nosso corpo influencia no aparecimento das maleditas bolinhas. Por isso que eu costumo deixar o local bem fresquinho antes de pintá-las. Depois de hidratar as mãos, pra não precisar lavá-las e retirar o creme, mergulho-as dentro de uma pequena bacia com água gelada. Deixo ali durante algum tempo, pra esfriá-las. As vezes, apesar de não ter colocado na lista de materiais lá em cima, mantenho comigo uma garrafinha de acetona com água congelada bem próxima de mim. Assim, após pintar a primeira demão de esmalte, seguro-a durante algum tempo para que a mão se mantenha fria. Essas são apenas algumas dicas, tem gente que usa o spray, gelo e até mesmo enfia a mão no congelador (Já fiz muito isso).

Esmalte grosso: Outro fator que ajuda muito no aparecimento das bolinhas é a qualidade do esmalte. Não tô falando da marca em si, mas sim dos cuidados que são tomados com os vidrinhos. Atualmente, 50% da minha minuscula coleção é de esmaltes Impala. Com apenas dois meses de uso, percebi que eles ficaram grossos demaaaais e quase inutilizáveis. Comecei a por a culpa na marca e até jurei nunca mais comprá-la, mas acabei percebendo que a errada era eu que não sabia cuidar dos vidrinhos. O mal uso, desleixo e a falta de cuidados específicos acabam gerando esse problema. Em seguida vou dar uma pausa pra explicar todos os cuidados que devemos ter com os esmaltes, não somente para o uso, mas também para a conservação.

  • O local onde o esmalte é guardado pesa bastante nesse fato. O ideal é deixá-los num local com temperatura média, fresco e sem exageros. Nada de deixá-los guardados dentro do guarda roupas mofando, muito menos no congelador. Se tiver uma gaveta sobrando no seu armário/cômoda/roupeiro/criado mudo ou até mesmo aqueles móveis com gavetinhas, já dá pro gasto. Guardar em cestinhas, caixas, potes, estantes ou onde for. O importante é que o local não seja nem muito úmido, nem muito quente, nem muito frio. Eu sei que é difícil, mas um local arejado é ideal. O calor quebra as ligações moleculares que existem entre os corantes e os solventes e o esmalte acaba ficando com a cor dividida.
  • Deixar os vidrinhos em pé é sempre muito importante. Nunca deixe-os jogados num canto, ou de qualquer forma. Mesmo que você tenha poucos como eu, prepare um local onde eles possam ficar de pé. Outra dica que ajuda muito, é por uma bolinha dentro do vidrinho, pra ajudar a misturar caso o esmalte esteja ficando bifásico. Mas mesmo que eles fiquem sempre na vertical, é inevitável que a cor se divida. Nesse caso, vale aquela chacoalhada no vidrinho.
  • Evitar deixar o vidrinho aberto por muito tempo é importante. Claro que na hora de fazer as unhas isso é inevitável, mas fora isso nem pensar. Mantenha ele sempre muito bem fechado, para que o ar não "entre" e nem engrosse. Manter a borda do vidrinho sempre limpa é lei. Quando o esmalte que ali acumula endurece, impede que o vidrinho seja bem fechado e facilita a entrada de ar. Isso faz com que o processo de engrossamento se acelere e diminua a vida útil do seu esmalte. Pra limpar é super simples: com algodão ou cotonete, molhe no removedor/acetona e limpe cuidadosamente. Super fácil.
     
  • Fique sempre de olho na validade do produto. Não somente de esmaltes, mas isso vale pra qualquer outro cosmético. Compre em lugares confiáveis, como em lojas especializadas ou farmácias que você confia. Fique de olho já na hora de comprar. Se ele de cara parecer suspeito, a cor não estiver uniforme e a data estiver muito próxima do vencimento, nem pensar em levar pra casa.
  • Caso ele esteja bastante grosso, vale pingar algumas gotinhas de óleo de banana ou diluidor, vai da sua preferência. Isso ajuda e muiiiito, mas os cuidados tem que se manter reforçados. Não é porque pingou e ele ficou novinho, que se pode descuidar. Cuidados nunca são demais, principalmente com aquilo que gostamos (Como esmaltes, no meu caso).

Aproveitem bem as dicas e boa sorte. *-* Hemily D.

3 comentários:

Madalena Lôbo disse... Responder este comentário,

Olá flor!
Obrigada por seguir o Paty às Avessas!
Estou seguindo aqui tbm!
Adorei a dica, afinal ODEIO as bolinhas que as vezes ficam nas unhas!

http://paty-as-avessas.blogspot.com/

xeroOOOOo

Diva disse... Responder este comentário,

Estou te seguindo flôr.
Obrigada pelo carinho.
http://maniasdadiva.blogspot.com/

Hemily D. disse... Responder este comentário,

Não tem coisa pior né? Obrigada por comentar. *-*

Postar um comentário

Comentem o que acharam, elogios, criticas, perguntas, enfim o que quiserem, seu comentário é sempre bem vindo !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...